Trabalho no Futuro – Episódio 5: O desafio é manter-se relevante

Dorival Donadão acredita que para as pessoas se manterem relevantes em suas carreiras no futuro, elas precisam desenvolver ou aprimorar competências pessoais como curiosidade, adaptabilidade e aprendizado contínuo.
A curiosidade é o oxigênio da longevidade, a adaptação aos novos contextos é a capacidade de rever posições e o aprendizado contínuo é a melhor forma de rever as verdades definitivas abrindo-se para novos questionamentos.
Para nosso entrevistado, as empresas, para bem receberem estes trabalhadores, deverão preocupar-se com a diversidade de suas equipes e estarem dispostas a fazerem permanentes revisões de seu modelo cultural.
Apesar de não haver certezas quanto ao futuro nas organizações, é sensível que a cada dia se mostrem mais abertas ao diálogo e a boa convivência com os diferentes.
 
Entrevista: Walter Alves
Edição: Felipe Andrade
Realização: MaturiJobs

Sobre o programa:

Você sabe como será o Trabalho no Futuro?
Quais as competências serão exigidas?
Haverá Trabalho no Futuro para as pessoas acima de 50 anos?
O que é envelhecer no Brasil atual?
Há uma idade limite para estudar ou para uma nova carreira?
É possível empreender fora da internet?
Para responder a estas dúvidas e, também, falarem sobre longevidade, maturidade e suas próprias experiências conversamos com várias pessoas e registramos em forma de entrevista nos programas Trabalho no Futuro.

Toda terça-feira um novo programa no ar. Não perca!