Trabalho no Futuro – Episódio 18 – palhaço em hospital: alegria na adversidade

Em 1991, Wellington Nogueira se propôs o desafio de encontrar uma forma de servir as crianças, os pais e os profissionais de saúde olhando para o que está bom, estimulando o que está saudável sem evitar de olhar para o doente.
 
A solução foi montar um inovador trabalho com palhaços dentro de hospitais públicos, os Doutores da Alegria, uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos.
 
Depois de 28 anos, e muitas risadas, os Doutores da Alegria atende as áreas da saúde, da cultura e da assistência social. E sua escola forma artistas para o mundo do século XXI.
 
Perguntado como se enxerga daqui há 10 anos, o sócio-fundador dos Doutores da Alegria, diz se ver com a mesma inquietude que o caracteriza e na busca por levar mais arte, mais consciência para o mundo e para as pessoas de forma divertida.
 
E você, sabe como quer estar daqui há 10 anos?

Entrevista: Walter Alves
Edição: Felipe Andrade
Realização: MaturiJobs

Sobre o programa:

Você sabe como será o Trabalho no Futuro?
Quais as competências serão exigidas?
Haverá Trabalho no Futuro para as pessoas acima de 50 anos?
O que é envelhecer no Brasil atual?
Há uma idade limite para estudar ou para uma nova carreira?
É possível empreender fora da internet?
Para responder a estas dúvidas e, também, falarem sobre longevidade, maturidade e suas próprias experiências conversamos com várias pessoas e registramos em forma de entrevista nos programas Trabalho no Futuro.

Toda terça-feira um novo programa no ar. Não perca!