Trabalho no Futuro – Episódio 10: Negócios Voltados para os 50+

Ricardo Pessoa, hoje, empreende negócios voltados para os 50+ ao lado de outros 50+.

Um desses negócios é uma organização familiar administrada e concebida por 50+. Segundo nosso entrevistado, “moldada nos princípios da economia compartilhada, a Casa Séfora – onde eu e minhas irmãs fomos criados – tem como mote as pessoas viverem experiências que lhes permitam saírem melhor do que entraram”. No espaço há escritórios de arquitetura, clínicas de estética, atendimento holístico, aulas de yoga e eventos.

Saber para Cuidar, outro negócio, apoia, capacita e acolhe pessoas que têm, ou cuidam de alguém que tenha, necessidades especiais – nas palavras do entrevistado – como: Alzheimer, diabetes e menopausa.

Está disponível no WhatsApp onde grupos se apoiam mutuamente e têm frequentes conversas com especialistas. É uma empresa sendo construída aos moldes de uma startup que se remunera com a venda de patrocínios e, também, pela negociação de dados apurados ao longo das interações.

E você, tem ideias a praticar ou se deixar limitar pelas dificuldades?

 

Entrevista: Walter Alves
Edição: Felipe Andrade
Realização: MaturiJobs

 

 

Sobre o programa:

Você sabe como será o Trabalho no Futuro?
Quais as competências serão exigidas?
Haverá Trabalho no Futuro para as pessoas acima de 50 anos?
O que é envelhecer no Brasil atual?
Há uma idade limite para estudar ou para uma nova carreira?
É possível empreender fora da internet?
Para responder a estas dúvidas e, também, falarem sobre longevidade, maturidade e suas próprias experiências conversamos com várias pessoas e registramos em forma de entrevista nos programas Trabalho no Futuro.

Toda terça-feira um novo programa no ar. Não perca!