Trabalho no Futuro – Episódio 23: Autoconhecimento como estratégia para o desenvolvimento

Uma mudança de posição no trabalho contribuiu para que Deize Andrade, uma engenheira química, descobrisse seu propósito: ajudar as pessoas a se desenvolverem pessoal e profissionalmente.

Hoje, como estrategista de imagem e marca pessoal e acreditando que o que move o ser humano é a busca da felicidade e sentir-se ser amado e útil, orienta as pessoas em suas carreiras para que possam, a partir do autoconhecimento, encontrar o caminho onde alcancem os melhores resultados.

No Trabalho no Futuro, Deize acredita que as competências exigidas serão as sociais e inter-relacionais, ou seja, as ligadas às emoções ao pensamento crítico e à criatividade.

Você se conhece a tal ponto que te permita descobrir seu propósito?

Entrevista: Walter Alves
Edição: Felipe Andrade
Realização: MaturiJobs

Sobre o programa:

Você sabe como será o Trabalho no Futuro?
Quais as competências serão exigidas?
Haverá Trabalho no Futuro para as pessoas acima de 50 anos?
O que é envelhecer no Brasil atual?
Há uma idade limite para estudar ou para uma nova carreira?
É possível empreender fora da internet?
Para responder a estas dúvidas e, também, falarem sobre longevidade, maturidade e suas próprias experiências conversamos com várias pessoas e registramos em forma de entrevista nos programas Trabalho no Futuro.

Toda terça-feira um novo programa no ar. Não perca!